㋡ SEJAM TODOS BEM-VINDOS AO ® DOUG BLOG! — © Copyright 2024 — Jornalista Douglas Melo — ® DOUG BLOG: Para quem quer mais que simples palavras!

sábado, 6 de julho de 2024

“Nomofobia”


















Amigos e amigas do ®DOUG BLOG, muitos não devem saber o significado de “Nomofobia”¹, mesmo convivendo com esta fobia diariamente.

A vida não estaciona para que as coisas aconteçam e as fobias surgem em vários tipos e ordens. Um indivíduo que sofre de transtorno fóbico desenvolve sintomas de tensão, ansiedade e muitas vezes vivencia sentimentos de tristeza, depressão e acaba desenvolvendo novas fobias paralelas à já existente.

Cabeça baixa, olhos fixos na tela iluminada do “Smartphone” e dedos deslizando incessantemente sobre ela, é assim que a maioria das pessoas passa quase 24 horas do dia. E muitas vezes, em locais públicos, vemos famílias inteiras nesta triste situação, onde cada integrante fica atento ao celular, ignorando quem está ao seu lado.

Os “nomofóbicos” se desesperam com coisas bobas, como quando esquecem o carregador do “Smartphone” em casa, ou veem suas baterias ficarem mais fracas, com os “palitos” apagando um por um e isso causa “tic nervoso” nas pessoas que não conseguem levar a vida desconectada da Web.

“Nomofobia” significa literalmente o medo irracional de não poder usar o “Smartphone”, ou de ser impedido de usá-lo por algum motivo, como falta de energia elétrica, de conexão à Internet ou aparelho com defeito.

Este novo transtorno relacionado ao uso excessivo do celular advém da forma ininterrupta com que as pessoas ficam coladas às suas “telas”, principalmente nas “Redes Sociais” e assim, vão interagindo de forma frenética e virtual, ao mesmo tempo em que estão socialmente isolando-se.

Como dos políticos e das “bundinhas” dos bebês, só podemos esperar uma coisa: existe uma lei (nº 6.850/21), que prevê a criação de campanhas de combate à “Nomofobia”, como se os vícios pudessem ser evitados com a assinatura de um papel. Outro exemplo, são as ordens judiciais restritivas utilizadas para combater a violência contra as mulheres. Um pedaço de papel assinado por um juiz impede que alguns homens comentam feminicídio? 

Ou seja, nem tudo que é legal é moral e se aplica efetivamente na sociedade. Você pode até matar uma aranha acertando-a com um jornal, mas, curar fobias, vícios e violência através de uma folha de papel não faz o menor sentido.
°°°
¹ O neologismo “Nomofobia” vem do inglês: “no mobile phobia”, ou seja, medo de ficar sem o celular.


Garfield (1978) - Personagem do cartunista: 
Jim Davis
 (28 de julho de 1945).




“Grupo Magazine — Tic Tic Nervoso” (1983)

♫Estou preso no trânsito com pouca gasolina
O calor tá de rachar e lá fora é só buzina
Perdi o meu emprego, que já era mixaria
E ontem fui assaltado em plena luz do dia.

Isso me dá tic tic nervoso
Tic tic nervoso, tic tic nervoso
Isso me dá tic tic nervoso
Tic tic nervoso, tic tic nervoso.

Quando chego em casa é aquela baixaria
As contas estão vencidas e a geladeira tá vazia
Encontro uma garota, um tremendo avião
Pergunto o seu nome ela me diz que é João!

Isso me dá tic tic nervoso
Tic tic nervoso, tic tic nervoso
Isso me dá tic tic nervoso
Tic tic nervoso, tic tic nervoso.

Eu sempre me achei um rapaz normal
Que esse papo de analista fosse coisa pra boçal
Agora me chamam de esquisito
De sujeito atrapalhado
Só por causa desse meu jeito
Todo torcido assim pro lado.

É que eu fiquei com tic tic nervoso
Tic tic nervoso, tic tic nervoso
É que eu fiquei com tic tic nervoso
Tic tic nervoso, tic tic nervoso.

Estou preso no trânsito com pouca gasolina
O calor tá de rachar e lá fora é só buzina
Antigamente todos tinham esperança de vencer
E acontece que hoje em dia não dá mais pra se viver.

Viver sem ter tic tic nervoso
Tic tic nervoso, tic tic nervoso
Viver sem ter tic tic nervoso
Tic tic nervoso, tic tic nervoso
Viver sem ter tic tic nervoso
Tic tic nervoso, tic tic nervoso
Isso me dá tic tic nervoso
Tic tic nervoso, tic tic nervoso.♫
°°°
“Tic Tic Nervoso” (1983), é uma composição de: “Antônio Luiz Júnior” (7 de novembro de 1971) - vencedor de três “Grammys”, interpretada pela banda brasileira de “New Wave - Magazine”, formada em “São Paulo - SP”, no início dos anos (1980), que contava, em sua formação, com: “Antônio Carlos Senefonte - Kid Vinil” (10 de março de 1955 - 19 de maio de 2017) [vocalista], “Luiz Antonio Stopa - Lu Stopa” (23 anos, em julho de 1963 - 3 de maio de 2020) [baixista], “Trtinkão Watts” (17 de julho de 1967) [baterista] e “Fabio Gasparini - Ted Gaz” (30 de janeiro de 1953) [guitarrista].

50 comentários:

  1. Drogi przyjacielu, Doug bardzo dobry post!
    To uzależnienie od smartfonów jest po prostu zdumiewające!
    Nomofobia, ciekawa nazwa, że Fobia to fakt! i w dodatku bardzo trudna Fobia do wyleczenia!
    Ściskam i pozdrawiam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Isabel,
      Que bom que você gostou deste texto do ®DOUG BLOG.
      Com o desenvolvimento tecnológico que seduz cada vez mais as pessoas, não acredito que exista cura para esta fobia digital. Infelizmente, a tendência é só piorar.
      Um abraço e bom fim de semana!!!

      Excluir
  2. Infelizmente conheço alguém com esse tipo de fobia!
    Boa noite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Gracinha,
      Acho que todo mundo conhece alguém com esse tipo de fobia e às vezes são famílias inteiras.
      Um abraço e bom final de semana!!!

      Excluir
  3. I completely agree with this excellent post, my friend. These are magnificent words and art.
    I love learning here on your blog and I'm a fan of your phrases.
    The song is funny.
    (ꈍᴗꈍ) Poetic and cinematographic greetings.
    💋Kisses💋

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Friend Theodosia,
      It is always a pleasure to read your always positive comments on my publications here on ®DOUG BLOG.
      Kisses and good weekend!!!

      Excluir
  4. Querido amigo, en mi casa esta prohibido el celu en la mesa, cenamos todos juntos y cada uno cuenta cosas del dia.
    Excelente post. Te felicito.
    Un tema que cada ves aisla mas a las personas y familias.
    Abrazos y te dejo un besito 💋

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Liz,
      Haces un gran trabajo con tu familia, valorando los horarios de las comidas sin que la tecnología forme parte del menú.
      Me alegra que hayas disfrutado leyendo esta crónica aquí en el ®DOUG BLOG.
      Un beso y buen fin de semana.

      Excluir
  5. Boa noite Doug,
    olha que horas sao e estou conectada kkk. O celular pode ser um aparelho muito viciante... e preciso saber dar a ele a importancia que ele realmente tem. Mas e toda uma questao esquecer o celular, que horror, que ansiedade....!
    Mas na verdade o uso excessivo e prejudicial: para os olhos, para a mente, e por isso que quando chega a noite e bom desconectar;
    e e isso que vou fazer agora.

    Beijo na bochecha, feliz domingo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola carolina,
      Soy fan de la tecnología, lo que no me gusta es el exceso.
      La Web es buena y los chocolates también. Lo que no necesitamos es comernos una caja de bombones de una sola vez.
      Además, si no fuera por la Web, no estaríamos hablando aquí.
      Besos en la mejilla.

      Excluir
  6. Haces muy buen análisis de la nomofobia, amigo Doug.
    Coincido plenamente con tus opiniones en este post.
    Muy buen domingo y un cariñoso abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Carmen,
      Todo lo que se haga en exceso provocará daños, algunos de los cuales serán irreversibles.
      La vida es una cuestión de elecciones y, al igual que los consumidores de drogas, parece que los “Smartphones” se han convertido en algo que muchos consideran incontrolable.
      Me alegra que te haya gustado este post aquí en ®DOUG BLOG.
      Un abrazo.

      Excluir
  7. mais um post muito entresante bravo amigo desejo tudo de bom com muita saude bjs feliz fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Belinha,
      Fico sempre feliz em lhe receber aqui no ®DOUG BLOG.
      Que bom que gostou da minha crônica.
      Um beijo!!!

      Excluir
  8. A vontade que eu tenho de agredir estes zombies.
    Abraço, boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Pedro,
      Não há necessidade de atacar estas “pessoas tacanhas”... Basta pegar o celular delas e você verá o desespero total que aparecerá na tua frente. 😂😂😂
      Um abraço e uma boa semana!!!

      Excluir
  9. Ho un caldo terribile,spero che tu stia al fresco!Ciao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amica Olga,
      La vita umana sulla Terra, per molti, è solo un grande viaggio di vacanza, in cui alcune persone credono di vivere all’interno di schermi.
      Un abbraccio e buona settimana!!!

      Excluir
  10. Por suerte no tengo esa fobia. Me gusta pasar desconectada de las redes. Te mando un beso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Judit,
      Cualquier exceso es perjudicial para el buen desarrollo personal y social de las personas, independientemente de la edad del usuario de la Web.
      Besos y que tengas una buena semana.

      Excluir
  11. Fiquei a conhecer a palavra, mas conheço demasiada gente com essa fobia. Só pode fazer mal ao cérebro...
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Graça,
      Tudo o que é feito em excesso tende a terminar em patologia.
      Uma boa semana para ti também.
      Um beijo!!!

      Excluir
  12. Gostei imenso da canção, que não conhecia.

    Quanto ao texto, concordo totalmente.

    Aqui, existem leis muito avançadas, mas a maior parte não é cumprida...

    Meu amigo, carinhoso abraço, feliz semana :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga São,
      Entre palavras, artes e músicas, nos comunicamos bem em nossos “blogs”.
      Em relação às leis, cito um aforismo de “Ruy Barbosa”:

      “Leis que não protegem nossos adversários não podem nos proteger!”

      Um carinhoso abraço e feliz semana para ti também!!!

      Excluir
  13. Thanks for the smile, you do have a way of insights during these modern times.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ellie,
      We have to adapt to new technological developments, nothing will be the same as before, technologies will always advance. What we need to do is “tame this beast”.
      A kiss and have a good week!!!

      Excluir
  14. Meu sapiente amigo Douglas, não sofro dessa fobia, aliás, não gostava nem do telefone fixo e gosto menos ainda do celular, não pela utilidade, porque com minha filha, gênero e netas morando na Holanda, preciso dessa tecnologia para me comunicar rapidamente com eles. Mas ter sempre de lembrar de carregar na tomada o celular é irritante. Seu texto, como sempre, está magnífico, e aqui aprendendo os nomes corretos das coisas que existem e não sabemos nomeá-las, principalmente quando se trata dessas novas tecnologias, que surgem muito rápido. Assim dar nomes a algo que não existia até 'ontem' não é fácil ao entendimento popular. As artes estão mais uma vez supimpas e a música, qual confesso que não conhecia, apesar de ser dos anos noventa, é muito divertida. Um abraço fraterno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu nobre amigo e professor Ruy,
      Também não sofro desta fobia. E tenho certeza absoluta de que as pessoas que vivem coladas aos seus “Smartphones”, fazem por total incapacidade de manter uma saudável convivência social.
      As relações entre pais e filhos estão tornando-se digitais, assim, como a camaradagem entre amigos também estão. Hoje são criados grupos, porém, são grupos virtuais.
      Quanto a ter de “carregar” aparelhos tecnológicos de última geração, é inevitável, pois, até os carros mais modernos precisam de uma tomada para reabastecer. Se houver uma crise global de eletricidade, a vida simplesmente regressará aos tempos das cavernas.
      Agradeço o carinho das palavras referente ao conteúdo da minha publicação e retribuo com prazer o teu abraço fraterno!!!

      Excluir
  15. hola
    no sabía lo que era nomofobia, gracias por enseñarme una cosa más. Es una pena que la gente sufran fobias, pero es peor los que no están al lado de ellos
    Besotesssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, "Harley Quinn"
      Siempre es un placer poder sumar cultura a mis amigos, lectores y seguidores con mis crónicas.
      Cualquier exageración causa daño a quienes tienen la fobia y a quienes los rodean.
      BatBesos〴⋋_⋌〵

      Excluir
  16. Eu lembro demais desta música do tic, tic nervoso. Eu ria quando ouvia, mas ela fala de algo muito sério. Não conhecia este tipo de medo, é bem moderno e recente. Acredito que tem muita gente com este medo, mas acho sinceramente, que não o tenho, graças a Deus! Se ficasse sem celular sentiria falta? Sim, mas não a ponto de ficar desesperada. Deus me livre! Beijos e boa semana! 🙂

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Ane,
      O problema não são os avanços tecnológicos, mas, a forma como são utilizados. Fobias são excessos e tudo que passa sobra e vira lixo.
      No que diz respeito à música, quase tudo relacionado aos anos (1980/1990), foge ao âmbito deste insuportável “politicamente correto”.
      Um beijo e boa semana!!!

      Excluir
  17. Querido amigo Doug, a nomofobia é um tema relevante nos dias de hoje. A dependência excessiva dos smartphones e a constante conexão com as redes sociais têm impactos significativos em nossa vida cotidiana. Quando vejo famílias inteiras imersas em seus dispositivos, ignorando quem está ao redor, sinto uma mistura de tristeza e preocupação. Afinal, a tecnologia deveria nos aproximar, mas, às vezes, parece nos afastar.
    A reflexão sobre a diferença entre o legal e o moral também é pertinente. Leis e regulamentos podem ser importantes, mas não são suficientes para resolver questões complexas como a nomofobia. Precisamos de uma mudança cultural, de conscientização e de equilíbrio. Afinal, o verdadeiro desafio está em encontrar um equilíbrio saudável entre o mundo digital e o mundo real.
    E, por fim, meu amigo, o neologismo “nomofobia” expressa bem esse medo irracional de ficar sem o celular. É um lembrete para todos nós refletirmos sobre como estamos usando a tecnologia e como ela está nos afetando emocionalmente. Excelente postagem, como sempre. Um grande abraço alvinegroooooooooo!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu bom amigo Adalberto,
      O uso abusivo dos “Smartphones” traz transtornos psicológicos, como ansiedade e até depressão. Pessoas que se aprisionam nas telas colocam suas vidas em risco sem perceber, pois, abrem caminhos em suas vidas para inúmeros golpistas que buscam a atividade ininterrupta destas pessoas para seduzi-las, principalmente através das “Redes Sociais”.
      Porém, a Web bem utilizada leva a humanidade ao progresso, pois, sem ela não estaríamos interagindo aqui.
      Mas, como diz um dos meus aforismos:

      “Na vida tudo tem peso, conta, medida e hora certa de acontecer!”

      Agradeço as tuas palavras sempre positivas sobre o que escrevo aqui no ®DOUG BLOG.

      Um abraço alvinegro!!!

      Excluir
    2. Completamente de acuerdo con tu post.
      👏🏼👏🏼👏🏼

      Excluir
    3. Amiga Galilea,
      Me alegro que hayas disfrutado de esta crónica del ®DOUG BLOG.
      Un beso.

      Excluir
  18. Boa noite, Douglas
    Postagem muito interessante, não conhecia o significado de nomofobia, foi bom conhecer aqui. Eclesiastes 3:1 diz: "Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu." Precisamos valorizar os momentos com a família e amigos, aproveitando as oportunidades e guardar o celular por um tempo, é triste quem vive conectado 24 horas por dia, um forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Lucinalva.
      A Web é um mecanismo maravilhoso, aqui nos comunicamos instantaneamente. O que eu condeno são os excessos. Ninguém dorme enquanto janta, toma banho enquanto dorme, trabalha enquanto se diverte, etc..., porque, tudo tem hora certa para acontecer. Então, por que manter o “Smartphone” nas mãos 24 horas por dia?
      Um abraço carinhoso!!!

      Excluir
  19. Olá, querido amigo, esse tema é excelente, e sempre será, pois não acredito num retrocesso, já ouvimos falar nisso, há anos, e não houve esse retrocesso tão esperado. Criancinhas de 2 anos já estão com Smartphone nas mãos para ficarem mais quietas, e tem gente que acha muito engraçadinho, isso. Dizem até que a criança vai ser um gênio em informática! Mas pior do que elas são os jovens e adultos, o negócio virou uma paranoia. E o mesmo tic-tic nervoso está nas redes sociais, todos os dias, o dia todo.
    Têm uma foto muito conhecida, no aniversário de uma avó, todos netinhos por lá, mas todos sentados no sofá olhando para seus celulares, comunicando-se com seus amigos e a vó num cantinho por lá... perdida. Que loucura isso.
    Sem dúvida, a comunicação ao vivo, presencial e as amizades ficaram em segundo plano.
    Aplausos para tua excelente crônica!
    Um bom fim de semana!
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida amiga Taís,
      Há um aforismo meu que diz:

      “A vida está uma eutanásia!”

      As pessoas estão optando por “matar” a convivência social em detrimento de publicações e relacionamentos fictícios na web.
      Acho que a nossa boa convivência via “blogs” é importante e é a Web que nos proporciona isso, mas, fazemos com equilíbrio e isso pode ser visto no espaço de tempo que damos de uma publicação para outra, onde deixamos as palavras “maturarem”, dando tempo para que amigos, leitores e seguidores possam ler nossos “posts”. Eu não condeno quem dispõe de tempo e material para publicações diárias, mas, isso meio que aprisiona seus autores no sentimento de obrigação de renovar conteúdos via Web e assim a qualidade acaba ficando em segundo plano.
      Que bom que você gostou desta crônica aqui do ®DOUG BLOG.
      Um bom fim de semana para ti sem “tic-tic nervoso”.
      Beijos!!!

      Excluir
    2. Perfeito!! É o que penso também sobre nossas publicações,
      tudo com calma, com paz e sem a ansiedade terrível de postagens fora do tempo de maturação. Primo muito pela calma ao postar e jamais quero a ansiedade como minha companheira.
      Bom fim de semana,
      beijo, Douglas.

      Excluir
    3. Querida amiga Taís,
      Por que correr “desembestado”, não é mesmo? Tudo tem o seu tempo.
      Como diz outro dos meus aforismos:

      “O corpo faz do menino, moço e do moço idoso!”

      A vida já é responsável por colocar as coisas no devido tempo.
      Mais beijos!!!

      Excluir
  20. Thanks for sharing to raise awareness, hope the solutions work. Have a lovely day.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Welcome to the ®DOUG BLOG.
      My writing has culture combined with good humor and I hope you always come back to read new publications.
      A hug!!!

      Excluir
  21. Oi, Douglas!
    São tempos estranhos!
    As pessoas não tiram tempo de apreciar a natureza, tão linda, tão mágica! A vida fluindo, os pássaros cantando, as crianças sorrindo... e o tempo passando!
    Tecnologia é maravilhosa, "na medida", como dizia minha mãe!
    Equilibrio!
    Obrigado pelo carinho lá no meu blog!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Jossara,
      Concordo contigo, os exageros levam a humanidade ao erro. Porém, as crianças que fomos são completamente diferentes da atual “Geração Z”, que fazem dos “Smartphones” um apêndice dos seus corpos.
      Amanhã (13 de julho), o ®DOUG BLOG trará o tradicional bate-papo de dois amigos conversando, caso queira voltar para mais uma leitura, será um prazer recebê-la.
      Abraços e bom final de semana!!!

      Excluir
    2. Olá, caro Douglas
      Confesso que não conhecia essa palavra, "Nomofobia".
      O problema é real e cada dia que passa torna-se
      quase patológico. Referiu o caso de famílias inteiras
      agarradas ao telemóvel, já presenciei em restaurantes
      o completo alheamento de pessoas que não falam
      umas com as outras, olhando para o écran como se
      não houvesse amanhã.
      Gostei muito desta sua publicação.
      Desejo-lhe tudo de bom.
      Abraço
      Olinda

      Excluir
    3. Amiga Olinda,
      O vício em “Smartphones” me leva a acreditar que o melhor esconderijo para algumas pessoas é estar à vista, preso nas “telas”.
      Estas pessoas que acreditam estarem protegidas porque, o virtual é inofensivo, estão redondamente enganadas, pois, é aí que mora o perigo.
      A Web é um mecanismo de comunicação imediato e isso é ótimo, mas, é também a camuflagem perfeita para muitas pessoas que não prestam.
      A sociedade saiu das ruas e entrou nas “telas”, numa espécie de religião. Triste realidade, inevitável “fé reversa” dos fanáticos em Internet.
      Algumas mães hoje em dia mandam seus filhos lavarem as mãos para jantar (dentro de casa), via mensagem de “WhatsApp”. INACREDITÁVEL!
      “Nomofobia”, o problema existe, é real e sim, já se tornou patológico. E mesmo sendo algo novo, já que a Internet ainda está engatinhando (pense que há 10 anos a Web era apenas uma possibilidade), com essas pessoas que vivem nas “telas” não se lembrando de como era a vida antes da Web fazer parte dos nossas dias.
      E assim, sem equilíbrio, a grande maioria das pessoas, não conseguem levar uma vida normal e muito menos feliz, longe de uma “tela”.
      Bom fim de semana.
      Um abraço!!!

      Excluir
  22. Hello friend! How glad I am that you have brought up this important subject! Great post, Doug! Sensational! You probably don't know, but for many years I have been teaching in a psychiatric hospital, in the ward for children and adolescents. The problem of nomophobia has been growing for many years, at least fifteen. I had classes with children for whom the lack of a mobile phone meant a sentence, they ran away from classes, from the hospital, became aggressive. This is a problem that will grow, unfortunately. I like to observe people, now, when I was on the train, I had an irresistible impression that many of them are biorobots, with no other interests than staring at the screen of a smartphone. People are afraid of artificial intelligence, and they don't see how much they have blended into their phones. I don't think anyone reads books on the go anymore - everyone stares at their phone. Thank you again for this important post, greetings, have a good weekend, take care!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Friend Joanna,
      Firstly, I congratulate her on her work, which is of fundamental social importance.
      This phobia – “Nomophobia” – is polarized and is getting worse as “Generation Z” no longer lives outside of “screens”.
      Artificial Intelligence is a device that will dumb down future generations, because thinking through other people's heads is not reasoning and “A.I.” does exactly that, accumulates information from everyone and repeats it.
      Families move away from good social interaction, to the point where city halls are forced to install Wi-Fi even in public squares and parks.
      As a journalist and university master of Philosophy, I also like to observe people, I only see things with concern.
      The world has an aging population and this generation is isolated because they are not adapted to new technologies and younger people are isolated from older people because they are confined to “screens”.
      Good weekend.
      Kisses!!!

      Excluir

Comentários ®DOUG BLOG 👈(ヅ)👉 Para quem quer mais que simples palavras!

®DOUG BLOG — 👻 Gasparzinho

®DOUG BLOG — 👻 Gasparzinho
Os comentários realizados anônimo e/ou desconhecido, não serão publicados no ®DOUG BLOG. Agradeço sua visita, mas, da próxima vez que comentar, identifique-se, porque, até o “Gasparzinho”, (o fantasminha camarada), tem um nome. Abraços... Douglas Melo

® DOUG BLOG — [Direitos Autorais — © Copyright]

® DOUG BLOG — [Direitos Autorais — © Copyright]
O ®DOUG BLOG É CRIPTOGRAFADO E PROTEGIDO CONTRA PLÁGIOS, CONFORME A LEI DE DIREITOS AUTORAIS [© Copyright], N° 9.610/98, ARTIGO 184 DO CÓDIGO PENAL BRASILEIRO. OS TEXTOS / FRASES / CRÔNICAS / ARTIGOS / IMAGENS/ARTES / GIFs - Graphics Interchange Format / ETC..., AQUI PUBLICADOS, CITANDO O NOME: Jornalista Douglas Melo e/ou NOME FANTASIA: Doug, TEM [® REGISTRO], NA FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL, Av. Rio Branco, n° 219 — Centro — Rio de Janeiro (RJ) — CEP: 20.040-008. A Lei determina que a reprodução integral ou parcial de textos e artes publicados no ®DOUG BLOG não é permitida, por ser de propriedade do autor os direitos autorais e, caberá ao mesmo, qualquer liberação dos direitos de utilização, por escrito e registrado em cartório. Qualquer inserção de obras protegidas por direitos autorais do ®DOUG BLOG na Internet (reprodução e transmissão), não autorizadas, constituirão em plágio, cabendo medidas legais. Fica a Dica: Seja criativo e evite ter problemas de jurisprudência. Advogado responsável ®DOUG BLOG: ⚖️ Dr. Saulo F. Fonseca (OAB: 136 086).

☞ AVANTE! AVANTE! ® DOUG BLOG — Para quem quer mais que simples palavras!

☞ AVANTE! AVANTE! ® DOUG BLOG — Para quem quer mais que simples palavras!
l웃 Toque em Dom Quixote de La Mancha e Sancho Pança e acesse... Frases ®DOUG BLOG.— “Don Quijote de La Mancha, personagem de: Miguel de Cervantes Saavedra” (29/9/1547 - 22/4/1616) .

👇 AQUI — POSTAGENS EM DESTAQUE — ® DOUG BLOG — JULHO/2024

“Os Três Macacos Sábios e os Tipos de Blogueiros”

ABI 📰 Jornalismo — ® DOUG BLOG

ABI 📰 Jornalismo — ® DOUG BLOG
ABI — Associação Brasileira de Imprensa (Fundação: 7 de abril de 1908). — “ABI — Sempre no lado certo na História do Brasil!”

® DOUG BLOG — Mirando na Educação! 📚

® DOUG BLOG — Mirando na Educação! 📚
📚 Sou a favor do porte de livros... Pois, a melhor arma para salvar uma pessoa, é a educação! 📚

® DOUG BLOG — 👋 Libras 👋

® DOUG BLOG — 👋 Libras 👋
“Libras”, é a língua brasileira de sinais manuais, usada por surdos e com quem se comunica com eles. É legalmente reconhecida como meio de comunicação e expressão. A linguagem por sinais, foi criada em (1856), pelo professor de surdos e conde francês: “Hernest Huet” (5 de maio de 1858 - 5 de fevereiro de 1917), que era surdo. “Huet” veio ao “Brasil”, atendendo ao pedido do “Imperador - D.Pedro II” (2 de dezembro de 1825 - 5 de dezembro de 1891), para que difundisse sua experiência com a linguagem de sinais, ensinada na “França”.

® DOUG BLOG — ☠ Cigarros Apague Essa Ideia!

® DOUG BLOG — ☠ Cigarros Apague Essa Ideia!
De acordo com o “Inca - Instituto Nacional de Câncer”, aproximadamente 443 pessoas morrem a cada dia no “Brasil” por causa do tabagismo. R$ 125.148 bilhões são os custos dos danos causados no sistema nacional de saúde e na economia, devido ao mau hábito de fumar. Mais de 160 mil mortes anuais poderiam ser evitadas por conta dos cigarros.

® DOUG BLOG — ⚽ Seleção Brasileira de Futebol ⚽

® DOUG BLOG — ⚽ Seleção Brasileira de Futebol ⚽
⚽ 1958 🏆 Campeão: Suécia ⚽ 1962 🏆🏆 Bicampeão: Chile ⚽ 1970 🏆🏆🏆 Tricampeão: México ⚽ 1994 🏆🏆🏆🏆 Tetracampeão: EUA ⚽ 2002 🏆🏆🏆🏆🏆 Pentacampeão: Japão/Coreia do Sul.

® DOUG BLOG — Habemus Papam! 🐰 Recado da Mônica

® DOUG BLOG — Habemus Papam! 🐰 Recado da Mônica
O primeiro personagem de “Mauricio de Sousa” (27 de outubro de 1935), foi o cãozinho azul “Bidu” (1959). “Mônica” e o seu coelhinho de pelúcia (também azul), de nome “Sansão”, surgiram quatro anos depois, em (1963). A menina do vestido vermelho é inspirada em uma das seis filhas mulheres do cartunista, “Mônica Spada e Sousa” (28 de setembro de 1960). — “Habemus Papam”, é o texto lido pelo Cardeal e Decano, qual anuncia a eleição de um novo Papa, após a fumaça branca ser emitida pela chaminé da “Capela Sistina, Itália”, anunciando ao povo Católico que um novo pontífice foi eleito e que o escolhido aceitou a eleição. O anúncio é feito da varanda central da “Basílica de São Pedro, no Vaticano”. O argentino “Jorge Mario Bergoglio” (17 de dezembro de 1936), é o 266º Papa da Igreja Católica (nome do Pontífice: “Francisco I”).